html> Revista Zingu! - arquivo. Novo endereço: www.revistazingu.net
Carta ao leitor.

É mais que uma honra ter você conosco. Essa revista pode não ser a mais bonita ou a mais bem-feita de cinema. Mas com certeza, é uma das mais feitas com a cara, a coragem e o coração.

Aprendi desde criança com a minha avó que o melhor é falar a verdade. E sempre falo a verdade. Porém, a minha verdade acaba sendo diferente da maioria das pessoas. Por isso, o tipo de cinema que me interesso, defendo e amo está fora do plano de outras pessoas.

Existem ligas e revistas que realmente possuem maior conhecimento e maior dinheiro que nós. Algumas são admiradas por grandes cineastas e grandes críticos. Não tenho nada contra essas publicações, porém, penso que elas não estão nem aí pra quem realmente faz e ama cinema no Brasil.

Já fui acusado e continuarei sendo de diversas coisas. Uns acham que gosto de qualquer filme feito no Brasil, outros pensam que sou uma espécie de Galvão Bueno. Alguns pensam que sou apenas um tarado e outros simplesmente me esnobam. Sou tudo isso e muito mais. Porque agora chegou a minha vez e dos meus colegas: nós é que vamos esnobar todos vocês !

É obrigação moral desta ZINGU! privilegiar e correr atrás dos esquecidos por todos esses sub-cinéfilos. Pessoas como o diretor e fotógrafo Conrado Sanchez, que talvez nunca tiveram sua obra discutida e valorizada. Além de uma longa entrevista, ainda temos a análise de grande parte da obra dele.

Cada mês haverá um dossiê de um personagem do cinema. Pode ser um diretor, um ator, uma atriz, nacional ou estrangeiro. Haverá análise de toda a nossa equipe das obras dessa pessoa e o perfil dela. Além de mim, que tive a idéia de criar esta publicação, muitas pessoas ilustres colaboram nesta edição.

A pesquisadora, escritora e advogada Andrea Ormond, que possui o melhor blog já feito sobre cinema brasileiro é uma delas. Outro grande orgulho é termos no time nomes como o grande jornalista Marcelo Carrard, grande especialista em cinema extremo, oriental e mesmo brasileiro. Carrard tem um dos melhores blogs sobre cinema da internet e ainda não foi também reconhecido pelas ligas e revistas sem vergonhas e jabazeiras.

Outros destaques são a participação do brilhante crítico Sérgio Andrade, que escreve sobre cinema com um imenso amor e dedicação. Também damos chance a jovens críticos como Gabriel Carneiro, grande conhecedor de cinema clássico norte-americano, aficionado por filmes como “E O Vento Levou” e "O Poderoso Chefão", e atores como James Stewart e Marlon Brando. Sua namorada Melody Westenra também é talentosa escritora e colaboradora e colunista exclusiva da Zingu!, basta ir na sessão “Anti-musas” e ver o recado dela.

Pra finalizar, creio que o que melhor nos difere das outras publicações, creio é que não queremos ser franceses. Eu pelo menos, tenho nojo de francês e não quero nem de longe ser iguais a eles. Prefiro mil vezes mais ser brasileiro e o cinema tupiniquim que o francês. Quem precisa de Godard, de Truffaut, se temos Ody Fraga, Jean Garret e Fauzi Mansur.

Obrigado e espero que gostem da revista,

Matheus Trunk.

MANIFESTA DA ZINGU!

1- Defesa irrestrita do cinema brasileiro popular, especialmente o paulista; quem não gostar vá a banca e compre as concorrentes. Não imito ninguém e ninguém (infelizmente) me imita. Atores, atrizes, diretores e técnicos. São todos gigantes.

2- A revista é suja, mal-feita e lotada de erros de português. O cinema brasileiro é sujo, mal-feito e cheio de erros e defeitos técnicos. Por isso, o amamos.

3- Não queremos ser “Cahiers du Cinema”. Quem quiser vá de campos, contracampos e paiságens. Prefiro ser “Cinema Em Close-Up”. Meu sonho é ser o David Cardoso e ter um Dodge Pollara. É tempo de ZINGU!

4- Infelizmente, nossos esforços será em vão e não chamaremos a atenção do Ministério da Cultura, dos críticos esquerdistas e tudo mais. Mesmo assim nos divertiremos muito.

Valeu !



Criar um link

<< Capa